QUE A TUA PASSAGEM POR AQUI ACRESCENTE LUZ AO TEU CORAÇÃO! QUE MEUS AMIGOS E INIMIGOS ENCONTREM AQUI UM ALENTO PARA SUAS ANGÚSTIAS!

Léa Cristina Ximenes



Afinidades

Pontos Riscados e Alguns Elementos Básicos

 
Forme uma opinião crítica sobre tudo o que você ouve, vê ou lê.


1 – Os pontos riscados pelos guias espirituais são espaços mágicos cujas funções lhes são dadas por eles.


  
2- Os pontos riscados se servem da escrita mágica sagrada simbólica.

3- Dentro desta escrita mágica sagrada, os guias servem-se de signos, símbolos e ondas vibratórias que são realizadoras e, assim que são riscados, são ativados e começam a trabalhar.

4 – Existem milhares de ondas vibratórias que for­mam telas infinitas e das quais são retirados mode­los de símbolos e signos má­gicos, os quais as­sim que são riscados e ati­vados aqui no plano mate­rial, religam-se a elas que lhes da­rão sustentação nos traba­lhos que serão realizados.

5 – Destas telas vibra­tó­rias são retirados símbolos e signos, sendo alguns bastante conhe­cidos e de fácil identificação e interpreta­ção, enquanto a maioria nos são desco­nhecidos e praticamente impossível de serem identificados e classificados.

6- Os guias espirituais preferem traba­lhar com espaços mágicos fechados ou circulares porque assim, suas irradiações ficam contidas dentro do círculo e não interferem com outros espaços mágicos riscados por outros guias dentro do mesmo espaço físico coletivo.

7- A escrita mágica simbólica é tão antiga quanto a humanidade e, tem sido encon­trados signos e símbolos em construções antiqüíssimas dentro de túmulos e urnas funerárias com milhares de anos de idade, portanto, esta escrita mágica simbólica, usada pelos guias espirituais, não é propriedade da Umbanda e sim, é um bem colocado a disposição da humanidade pelos seres espirituais superiores e que dela, muitos tem se servido no decorrer dos séculos.

8 – Algumas ordens antiqüíssimas cria­ram, a partir de signos e símbolos, suas escritas mágicas sagradas e cada uma delas serviu-se ou ainda se serve da sua simbologia, que se não é exclusiva, no entanto, tem significado especial e interpretação própria para cada grupo de usuários deste bem coletivo, colocado a nossa disposição por Deus.

9 – Os guias espirituais de Umbanda servem-se de uma certa quantidade de símbolos e signos mágicos que aparentemente é limitada a algumas centenas apenas, pois pode-se encon­trar pontos riscados de diferentes entidades, a reprodução de símbolos e signos idênticos.

10 – Na Umbanda, manifestam-se através de nomes simbólicos muitos poderes divinos que são em si, mistérios cujas atuações estão voltadas para o crescimento religioso dos seres e dos símbolos riscados pelos guias, nos seus pontos, estão indicando mistérios firmados e ativados por eles.

11 – Até recentemente, todo o mistério da escrita mágica sagrada usada pelos guias espirituais era assunto fechado dentro da Umbanda e o que tínhamos à nossa disposição eram coletâneas de pontos riscados pelos guias, mas que não nos esclarecia muito porque, apesar de sabermos que eram poderosos e capazes de realizar trabalhos, tudo era muito vago e ficavam sempre pairando dúvidas sobre quando utilizá-los, uma vez que eram de uso exclusivo dos guias espirituais e, só raramente, eles autorizavam seus médiuns a riscá-los para que, sem incorporarem, pudessem ajudá-los nas suas necessidades ou dificuldades.

12 – Faltava-nos muitas informações que pudessem permitir um aprofun­damento neste mistério e nos faltava mais informações, que aí sim, o tornaria compreensível por todos.

13 – O que andaram escre­vendo sobre os pontos ris­cados pelos guias, incutia receio e medo nas pessoas, principal­mente quanto aos pontos riscados das linhas da esquerda, e isso não ajudou em nada o desenvolvimento desta ciência espiritual dentro da Umbanda.


14 – Pelo contrário, alguns autores umbandistas, tal como Emanuel Zespo, chegaram a escrever que só os profun­dos conhecedores e iniciados na famosí­ssima, mas desconhecida LEI DE PEMBA é que poderiam riscar pontos e trabalhar com eles. Outros como W. W. da Matta e Silva chegaram ao absurdo de coletar uma ou duas dezenas de signos e dizer que eles sim, eram a genuína LEI DE PEMBA (sa­be-se lá o que isso quer dizer) eram o ponto de raiz, e a partir daí, auto nomearam-se profundos conhecedores da des­conhecida, mas muito famosa Lei de Pemba, e co­me­çaram a desclassificar os pontos riscados usados pelos guias espirituais desde as primeiras manifes­tações deles na Umbanda, e que vinham ajudando a dar sustentação aos trabalhos realiza­dos dentro dos centros assim como davam proteção aos seus médiuns.

15 – Graças a estes, a magia do ponto riscado não desapareceu por completo dos centros de Umbanda, fato este que privaria a religião deste importantíssimo instrumento de trabalho.

16 – Quanto aos supostos e pseudo iniciados e auto nomeados “MÂO DE PEMBA” por desconhecerem os verdadeiros fundamentos existentes por trás dos pontos riscados, seus escritos empacaram e não levaram a lugar algum, e muito menos à com­preensão e ao desenvolvimento desta ciên­cia divina.Na verdade, eles atra­saram em 50 anos a abertura deste mistério dentro da Umbanda, quase levando-o ao esquecimento.
  
17 – Leiam e releiam estes escritos destes pseudos “mãos de pemba” e verão que eles criaram uma ilusão que não tem fundamento e por 50 anos, ficaram repetindo e afirmando a mesma coisa: “A Lei de Pemba existe mas não pode ser revelada aos não iniciados”.

Texto escrito por Rubens Saraceni para o Jornal de Umbanda Sagrada em Junho de 2008.

ELEMENTOS BÁSICOS DOS PONTOS RISCADOS
Um Ponto – O Ser Supremo, a origem.

Uma Linha Reta – O Mundo Material

Duas Linhas Retas - O Princípio. o Masculino e o Feminino.

Uma Linha Curva – A Polaridade.

Dois Traços Curvos - As duas polaridades – positiva e negativa.



Um Triângulo de Lados Iguais
– A Força Divina – Pai, Filho e Espírito Santo – Santíssima Trindade.



Dois Triângulos (Hexagrama)
- Estrela de seis pontas – todas as Forças do Espaço.



Um Quadrado
– O os 4 elementos (Água, Terra, Fogo e Ar).



Um Pentagrama - A Estrela de Davi e o Signo de Salomão. A Linha do Oriente, Oxalá, a Luz de Deus.
Tres Estrelas representam os Velhos e Almas




Círculo – O Universo, a Perfeição.
 
Um Círculo com Dois Diâmetros Entre Si – O Plano Divino, o Quaternário Espiritual.
 
Círculos Menores e Semicírculos – A fases da lua (símbolo de Iemanjá), forças de luz, inclui Iansã.


Círculo com Estrias Externas - O sol (símbolo de Oxalá).



Espiral – Para fora indica chamamento de força, retirando demanda.



  
Seta Reta ou Curva e Bodoque – Irradiação de Oxossi (caboclo). 






Balança, Machado ou Nuvem – Símbolos de Xangô e do Oriente.






Raio (condições atmosféricas) – Símbolo de Iansã.



   
Espada Curva – Símbolo de Ogum.



Espada Reta - Símbolo de Iansã.



Bandeira Branca com Cruz Grega Vermelha - Símbolo de Ogum.



Flôr ou Coração – Símbolos de Oxum.



Coração com uma Cruz no Interior – Símbolo de Nanã.





Traços Pequenos na Vertical (chuva) - Símbolo de Nanã.





Folhas ou Plantas – Símbolos de Ossanha.





Tridentes – Símbolos para Exu e Pomba-gira; garfos curvos para a Calunga e retos para a Rua. (Pode haver ou não caveira)




Cruz Latina Branca – Cruz de Oxalá.




Cruz Grega Negra – Com pedestal, símbolo de Omulu.




Arco-íris – Símbolo de Oxumaré.




Estrela Branca (Oriente) – Luz dos espíritos.




Estrela Guia (com cauda) - Símbolo da capacidade de acompanhamento (Oriente).


Um Oito Deitado (Lemniscata) – Símbolo do Infinito.


Cordão com Nó ou um Pano – Símbolo das crianças.




Conchas do Mar – Símbolo das crianças.




Águas Embaixo do Ponto – Símbolo de Iemanjá (mar).

 Pequenos Traços de água – Símbolo de Oxum.

Traço ou Linha Curva com Círculo nas PontasSímbolo de força, amarração e descarrego.



Rosa dos Ventos – Chamamento de força ou descarrego.




Palmeiras ou Coqueiros – Força dos Velhos



 Traço com Três Semicírculos nas Pontas - Descarrego e força também.

Vale lembrar que esse material é apenas um pequena demonstração de pontos riscados e alguns elementos para estudo, a melhor forma de conhecer o verdadeiro significado desses elementos é perguntando a própria entidade que risca o ponto até porque, cada ponto riscado é uma assinatura da entidade "encorporada".
Fonte: Grupo de Estudos Sr. Boiadeiro
 
Léa Cristina Ximenes
Facilitadora Universalista
E-mail: ximenes.andrade@gmail.com
Skype: lea.seraphsbey
Fone: (13) 3477 9813 begin_of_the_skype_highlighting            (13) 3477 9813      end_of_the_skype_highlighting 
Você pode copiar e divulgar esse trabalho mas, por favor, dê os créditos a quem de direito. Esse trabalho foi idealizado, pesquisado, elaborado e postado inicialmente por Léa Cristina Ximenes de Andrade. Divulgue na íntegra. A ética movimenta a energia de prosperidade e inteligência espiritual. Obrigada pela ética, Léa.

Um comentário:

  1. Boa tarde, eu tive um sonho e nele algumas pessoas me mostravam o que eu descobri ser o Quartenário Espiritual. Além do que está escrito aqui, tem mais alguma coisa que eu possa saber sobre isto?

    Obrigada!

    ResponderExcluir

Comente e compartilhe! Dissemine a Luz!

Mapa Interativo de Reflexologia

Mapa Interativo de Reflexologia
Clique na imagem para ter acesso.

Marcadores de Página Coruja.

Marcadores de Página Coruja.
Clique, Imprima e Faça
o seu em alta resolução!

Amor das Minhas Vidas

Amor das Minhas Vidas
Um carinho de Rose Mello,
é só clicar na imagem e baixar
esse lindo romance intuído com
o auxílio do espírito Yann.

Clique na imagem e adquira
um exemplar impresso de
"Amor das Minhas Vidas!"

Paz e Amor aos Bichos

Paz e Amor aos Bichos
Engaje-se nessa luta contra
o maltrato dos animais em
todos os níveis! Clique na
imagem acima para receber
em sua casa gratuitamente
os livretos para que possa
contribuir de forma concreta
com essa campanha libertadora!

Scar Project

Scar Project
Câncer de Mama não é uma fitinha rosa!

Clique e Assine!

Dessaparecidos Brasil


Anjo de Luz -
Clique Aqui e Cadastre-se!

Quem? De Onde?

EU

Minha foto
praia grande, sp, Brazil
Sou uma filha de Deus em busca de si mesma
...em busca do TODO...da UNIDADE...

Quem me visita?

free counters